Banner Prefeitura

Vidente é condenada por fazer mulher virar prostituta

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Uma vidente foi condenada a pagar R$ 2,8 milhões depois de convencer uma cliente a virar prostituta. O caso aconteceu no Japão e, de acordo com o Tribunal Distrital de Tóquio, a advinha controlava a mente da vítima e fez com que ela trabalhasse como prostituta.

De acordo com o juiz Sotaro Tomuro, a mulher conseguiu instalar um medo tão grande na cliente que ela passou a acreditar que tinha uma grande dívida e deveria entregar grandes quantidades de dinheiro para a vidente. “Governada pela ré, a mulher entrou em um estado em que sua personalidade estava essencialmente perdida”, disse o magistrado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O caso teve início em 2008, quando a vítima se divorciou e procurou a ajuda da vidente. Três anos depois ela se mudou para a casa da advinha e passou a trabalhar como prostituta. Em depoimento, ela contou que, todo o dinheiro ganho no bordel foi entregue à vidente e que, muitas vezes, vivia com pouco menos de R$ 5.

*Correio24h


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.