Banner Prefeitura

SP mantém desfiles de escolas de samba em carnaval de 2022, mas exige vacina e uso de máscaras

Redação, via Metro1

Caso indicadores da pandemia indiquem agravamento nas próximas semanas, prefeitura não descarta adiar evento

Foto: Rafael Neddermeyer/LIGASP/Fotos Públicas

A Prefeitura de São Paulo decidiu manter os desfiles das escolas de samba no Anhembi, no Carnaval de 2022, mas definiu algumas regras. De acordo com o protocolo sanitário definido pela administração municipal, somente poderão participar do evento as pessoas que estiverem vacinadas contra a Covid-19 e o uso de máscaras será exigido.

Conforme as regras, todas as pessoas deverão comprovar a imunização e utilizar máscaras, tanto o público, quanto os desfilantes. As escolas também terão o número de pessoas reduzido. Além disso, está previsto um controle de público na concentração e disperção destes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com o uso de máscaras, o quesito “harmonia”, que julga se os componentes da escola cantam o samba enredo, será excluído do julgamento.

Caso os indicadores da pandemia indiquem um agravamento nas próximas semanas na cidade, a prefeitura não descarta adiar o evento.


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.