Redes sociais amplificam ódio por engajamento, diz Barroso

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Magistrado afirmou que há consenso sobre a regulação das plataformas digitais

O ministro Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), disse que enfrentar conteúdos ilegítimos e inautênticos na internet demandam algum tipo de regulação das plataformas digitais. De acordo com o magistrado, as redes sociais muitas vezes amplificam o ódio e a mentira porque trazem mais engajamento.

“Há uma contradição entre o bem o e mal, porque é o mal que traz mais lucro e, portanto, é preciso dar incentivos para que as plataformas não tenham essa intenção de amplificar o que seja ruim”, declarou, durante palestra “Fake News e liberdade de expressão”, promovida pelo STF, nesta quarta-feira (3).

O evento contou com a participação da juíza do Tribunal Constitucional Federal alemão Sibylle Kessal-Wulf. Também estiveram no encontro o presidente do Supremo, ministro Luiz Fux, o ministro Mauro Campbell Marques, corregedor-geral eleitoral do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o ministro Luis Felipe Salomão, do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e o embaixador da Alemanha no Brasil, Heiko Thoms.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Barroso afirmou que há consenso sobre a regulação das plataformas digitais. Destacou a necessidade de conter comportamentos inautênticos coordenados, como o uso de trolls e robôs que atuam para amplificar desinformação nas redes sociais.

“É preciso capacidade de controlar comportamento coordenado inautêntico, uso de robôs, perfis falsos, perfis repetidos e de trolls, que são mercenários contratados para amplificar a mentira”, declarou.

Fonte: Bahia.ba


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.