Banner Prefeitura

Procurador-geral vai acompanhar as investigações sobre os crimes na Amazônia

fonte Bahia.ba

Objetivo é discutir medidas e ações de restruturação da atuação institucional na região amazônica e ampliar a articulação do MPF com outros órgãos públicos

Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE

O procurador-geral da República, Augusto Aras, vai ao Amazonas neste domingo (19) liderando uma comitiva de membros do Ministério Público Federal (MPF) para uma série de reuniões. Eles desembarcam em Tabatinga, no extremo oeste do estado, próximo da região onde o indigenista Bruno Pereira e o jornalista britânico Dom Phillips foram assassinados há dua semanas.

Segundo informe da PGR, o objetivo é discutir medidas e ações de restruturação da atuação institucional na região amazônica, bem como ampliar a articulação do MPF com outros órgãos públicos com vistas ao combate à criminalidade e ao enfrentamento de violações aos direitos indígenas, direitos humanos e outros crimes registrados na região.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A previsão é que o procurador-geral da República participe de reunião com membros do MPF lotados em Tabatinga, com representantes do Exército, Polícia Federal, Fundação Nacional do Índio (Funai) e outras instituições.

O PGR e os demais membros do MPF também vão conversar com as autoridades responsáveis pela investigação do assassinato de Pereira e Phillips, para acompanhar os desdobramentos do caso. Após os encontros, eles devem fazer uma declaração à imprensa.


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.