Banner Prefeitura

MP conclui investigação sobre supostas ‘rachadinhas’ em gabinete de Flávio Bolsonaro

Do Metro1

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) concluiu a investigação sobre o suposto esquema de “rachadinha” no antigo gabinete do então deputado Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Agora, o órgão vai decidir se apresentará denúncia contra o hoje senador ou não. Ele foi investigado por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, em um suposto esquema coordenado pelo seu ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz, que cumpre prisão domiciliar no Rio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na noite de ontem (31), o MP-RJ comunicou, em nota, que “o Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção encaminhou nesta segunda-feira ao procurador-geral de Justiça o procedimento criminal referente ao ‘Caso Flávio Bolsonaro’, comunicando a conclusão das investigações. Por essa razão, os autos, que estão sob sigilo, foram remetidos à Subprocuradoria-Geral de Justiça de Assuntos Criminais e de Direitos Humanos para prosseguimento”.


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.