Banner Prefeitura

Mourão afirma que Brasil terá eleições mesmo sem voto impresso

Metro1

Vice-presidente afirmou que país não é ‘república de banana’ e questionou quem iria ‘proibir eleição’

Valter Campanato/Agência Brasil

O vice-presidente Hamilton Mourão deu uma delcaração nesta quinta-feira (22) contradizendo o que é pregado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Mourão disse que é “lógico” que o Brasil terá eleições no ano que vem, mesmo sem a aprovação do voto impresso, defendido pelo presidente. Mourão disse que o país não é uma “república de banana” e questionou quem iria “proibir eleição”.

Há duas semanas, Bolsonaro afirmou que não haverá eleição no ano que vem se a disputa não for “limpa”. O presidente não explicou o que ele considera uma eleição “limpa”, mas ele tem defendido uma mudança no sistema de votação, apesar de nunca ter apresentado nenhuma prova de fraude no modelo atual.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“É lógico que vai ter eleição (mesmo sem voto impresso), pô. Quem é que vai proibir eleição no Brasil? Por favor, gente. Nós não somos república de banana”, disse Mourão, ao chegar no Palácio do Planalto no início da tarde. O vice-presidente ressaltou, no entanto, que ele também é favorável à proposta de voto impresso.


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.