Dilma afirma que ‘Lula será candidato em 2018’

JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL
JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

A presidente afastada Dilma Rousseff declarou, em entrevista à revista semanal francesa L’Express divulgada nesta quarta-feira (29), que o ex-presidente Lula será candidato à Presidência em 2018.

A informação foi destacada na capa da publicação. “É a razão principal do golpe de Estado: prevenir que o Lula se apresente à Presidência. Hoje em dia, apesar de todas as tentativas de destruir a sua imagem, Lula continua entre as pessoas mais amadas. Eu posso te dizer que ele vai se apresentar na próxima eleição”, disse a petista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ela também se defendeu das acusações que motivaram seu pedido de impeachment e que resultaram em seu afastamento, Dilma se disse “injustiçada” e que não cometeu crime de responsabilidade.

“Não sou o primeiro presidente a agir assim. O Fernando Henrique Cardoso aprovou 23 decretos similares. Na verdade, [a acusação] é apenas um pretexto”, defendeu.

Dilma também voltou a criticar as conversas gravadas divulgadas pelo juiz federal Sérgio Moro, nas quais ela também foi interceptada. “Não importa o país do mundo, divulgar o registro de uma conversa do chefe de Estado seria um crime.”


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.