Banner Prefeitura

“Considero os aplausos e criticas como parte do processo democrático”, diz Thor sobre as vaias recebidas na Câmara

Foto: Alta Pressão Online
Foto: Alta Pressão Online

O vereador eleito pelo PT, Thor de Ninha, passou por um momento constrangedor durante a cerimonia de posse ocorrida na Câmara de Vereadores de Alagoinhas no último domingo (01).

Na cerimonia cada um dos 17 vereadores teve direito há 5 minutos para agradecimentos e expressar o sentimento pela vitória nas urnas. O vereador petista ao subir no palco tentou passar uma mensagem para juventude, de incentivo, no intuito de mostrar que tudo é possível, bastando acreditar no seu sonho. Neste intuito citou personalidades da esquerda latina americana que na sua visão representavam a sua mensagem. Entre as personalidades citou Fidel Castro, Lula, Marx e Dilma, o que irritou parte da plateia que reagiu com vaias.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A parte do seu discurso que mais irritou a plateia foi quando se referiu a Dilma como “uma mulher honesta que foi retirada do seu cargo, quando o seu principal algoz está preso(Eduardo Cunha).” O público então começou a vaiar e precisou a intervenção do presidente da Câmara, vereador Roberto Torres, para que a ordem fosse reestabelecida.

Em conversa com o site News In Foco, o vereador Thor de Ninha disse que considera as manifestações de louvo, aplausos e críticas como parte do processo democrático e que as pessoas que se manifestaram pouco ouviram o inicio de seu discurso. Ele também falou que quando uma parte da plateia cessou o discurso, houve aplausos.

Para o vereador Thor de Ninha, a ocasião foi um termômetro dos momentos que a oposição irá passar nesses próximos quatro anos. “Apenas dois vereadores do PT numa conjuntura extremamente complicada para a esquerda brasileira, latino americana e mundial”, finalizou.

*Do News in foco


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.