Banner Prefeitura

Resposta “será dada”, diz comandante da PM sobre agentes mortos

Coronel Paulo Coutinho diz que está usando todo o efetivo para que uma “resposta seja dada à sociedade”

Foto: Elói Corrêa | GOVBA

As três mortes de policiais no último fim de semana, nos bairros de Águas Claras e Fazenda Grande I, têm mobilizado as forças de segurança do Estado, de acordo com o comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, coronel Paulo Coutinho.

“Eu determinei de imediato uma grande operação envolvendo a inteligência, e todas as tropas operativas, com o objetivo de alcançar todos os algozes”, disse Coutinho em entrevista à rádio Metrópole FM, na manhã desta terça-feira, 10.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para o comandante-geral, a mobilização de todo o efetivo tem como intuito dar uma “resposta à sociedade”. “Fica o sentimento de perda de três integrantes que nós formamos para defender a sociedade, a resposta está sendo dada”.

Dois soldados, Shanderson Lopes Ferreira e Victor Vieira Ferreira Cruz, foram mortos na noite de domingo, 8, após retornarem do enterro do soldado Alexandre José Ferreira Menezes Silva, morto durante ronda no bairro de Águas Claras no último sábado, 7.

Em operação das forças de Segurança Pública da Bahia nesta segunda-feira, 9, dois suspeitos de participarem das mortes de policiais militares no último final de semana foram mortos e outros dois ficaram feridos, segundo o coronel Paulo Coutinho. Com informações do A Tarde


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.