Banner Prefeitura

PRF diz que não compactua com conduta que matou homem asfixiado em viatura em Sergipe: “Caso isolado”

fonte Metro1

Caso ocorreu na quarta-feira, na cidade de Umbaúba

Foto: Reprodução/ Redes Sociais

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) se manifestou neste sábado (28) sobre a conduta da instituição em Sergipe, que levou à morte de um homem asfixiado em uma viatura. Em vídeo publicado no Youtube, a corporação afirma que a ação foi um caso isolado e promete aperfeiçoar os padrões de abordagem.

No comunicado, o coordenador-geral de comunicação institucional da PRF, policial Marco Territo, diz que a corporação teria assistido com indignação às imagens em que Genivaldo de Jesus Santos, 38, é asfixiado por gás enquanto é mantido preso numa viatura pelos agentes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O caso ocorreu na cidade de Umbaúba, a 101 km de Aracaju, na quarta-feira (25). Imagens veiculadas na internet mostram a vítima, que era aposentada em virtude da esquizofrenia, presa dentro de uma viatura esfumaçada.

Comunicado feito pelo coordenador-geral de comunicação institucional da PRF, policial Marco Territo

“Não compactuamos com as medidas adotadas durante abordagem ao senhor Genivaldo […] A conduta isolada não reflete o comportamento dos mais de 12 mil policiais rodoviários federais”, diz Territo. “Afirmo que já estamos estudando nossos procedimentos de formação, de aperfeiçoamento e operacionais, para ajustar o que for necessário.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Polícia Federal (PF) abriu um inquérito para investigar a morte de Genivaldo.


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.