Polícia apreende cocaína avaliada em R$ 800 mil durante blitz em Salvador

Via Aratu On

Cadela farejadora auxiliou operação

Creditos da foto: SSP BA

Durante uma ação da Operação Acesso Livre, policiais do Núcleo de Inteligência e Operações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Coordenação de Operações Especiais (COE) com o apoio da Rondesp RMS da Polícia Militar apreenderam na manhã desta quinta-feira (30/12), 34 tabletes de cocaína avaliados em R$ 800 mil, em Salvador.

As guarnições receberam uma denúncia de transporte de drogas no bairro de São Cristóvão e realizaram uma blitz na Avenida Paralela. O condutor do veículo parou o carro e tentou fugir, mas foi alcançado e preso. “Durante as abordagens, as equipes visualizaram um veículo em atitude suspeita, que havia parado 200 metros antes da barreira policial, sendo observado que o motorista havia saído com duas caixas na mão, ele foi abordado e, dentro das caixas, foram encontrados os entorpecentes”, explicou a diretora do DHPP, delegada Andréa Ribeiro.

O COE contou com o auxílio da cadela farejadora a K9, cocker spaniel, “Jade”, para identificar a cocaína. O coordenador de operações da unidade, investigador Douglas Pithon, explicou como a ajuda do cão foi fundamental para identificação. “Ela com o faro apurado indicou que na caixa de fato tinha entorpecentes confirmando nossas suspeitas. O material apreendido foi encaminhado para sede do DHPP”, afirmou o investigador.

O preso está sendo autuado em flagrante por tráfico de drogas e posteriormente ficará à disposição da Justiça.