Oito pessoas são presas em operação contra homicídios na Bahia

Uma pessoa morreu em confronto com policiais.

Foto: Polícia Civil/Tony Silva

Oito pessoas foram presas em uma operação contra homicídios em cinco bairros de Salvador, cidades do interior da Bahia e também no estado do Ceará, na manhã desta terça-feira (14). Segundo a Polícia Civil, um homem morreu em confronto, durante o cumprimento do mandado de prisão.

A polícia detalhou que os oito presos têm envolvimento com homicídios, tráfico de drogas e associação criminosa. Na capital, as ações aconteceram nos bairros de São Caetano, Capelinha, Santa Luzia do Lobato, Bom Juá, Itapuã e Fazenda Grande do Retiro, onde estava o homem que morreu no confronto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com a Polícia Civil, esse homem chegou a ser socorrido para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos. Entre os mandados de prisão que foram cumpridos, está o de um homem – que seria líder do grupo criminoso que atua em São Caetano e Fazenda Grande do Retiro.

Este homem, que não teve nome divulgado por causa da Lei de Abuso de Autoridade, já estava detido em um presídio no estado do Ceará. A polícia não detalhou se, mesmo depois de preso, ele seguia dando ordens à quadrilha de lá.

Batizada de Operação Ignis, a ação foi iniciada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil, para reprimir os crimes motivados pela disputa entre grupos criminosos. Ao todo, 34 mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

A operação começou a partir de investigações, que identificou relação entre os crimes de tráfico de drogas e homicídios, nos locais onde os mandados são cumpridos. Além das equipes da Polícia Civil, também participam da operação a Secretaria da Segurança Pública (SSP) e a Polícia Militar. *Fonte g1 Bahia


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.