Banner Gov BA

Pfizer inicia pesquisa com vacinas em imunossuprimidos no Brasil

Redação, com Metro1

O objetivo da pesquisa é avaliar a eficácia da vacina em quem tem o sistema imunológico comprometido

Foto: reprodução/Agência Brasil

A Pfizer iniciou um estudo com pessoas imunossuprimidas para analisar os efeitos da vacina que desenvolveu contra a Covid-19. Fazem parte da pesquisa o Brasil, a Alemanha e os Estados Unidos.

Em entrevista à CNN, o diretor do Centro Paulista de Investigação Clínica (Cepic) e coordenador dos testes da vacina contra o novo coronavírus da Pfizer no país, Cristiano Zerbini, explicou que o estudo começou na última sexta-feira (15) em pacientes imunossuprimidos e em crianças acima de dois. O objetivo da pesquisa é avaliar a segurança e eficácia da vacina nesse grupo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Muitos pacientes que têm comprometimento do sistema imune já foram vacinados contra a Covid-19 – inclusive faziam parte do grupo prioritário da vacinação em partes do país. A pesquisa busca juntar mais dados científicos para saber, por exemplo, se o tempo de proteção da vacina nestes pacientes é o mesmo que em pacientes que não são imunossuprimidos.