Banner Prefeitura

Nordeste segue com maior preço médio do país para o litro da gasolina

Bahia segue na liderança das altas mais expressivas

Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

Segundo dados do último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), referentes ao fechamento de maio, a Região Nordeste segue na liderança do maior preço médio do País para o litro da gasolina, comercializada a R$ 7,64, com alta de 0,80% em relação a abril.

Já o preço do etanol não registrou a maior média, mas, sim, a maior variação de alta (R$ 4,74%), que passou de R$ 5,94 para R$ 6,23. O diesel comum fechou a R$ 7,29 e o tipo S-10 a R$ 7,35, este com a maior alta em relação às demais regiões, de 4,39%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Nordeste mantém as maiores variações de alta do País no preço de quase todos os combustíveis, mas é a região com os maiores recuos no preço da gasolina: Rio Grande do Norte (-1,45%); Pernambuco (-0,54%); Maranhão (-0,24%); e Alagoas (-0,12%).

Ainda sobre os destaques nacionais, a Bahia segue na liderança das altas mais expressivas: para o diesel comum, que aumentou 9,49% e passou de R$ 6,87 para R$ 7,53; e para o tipo S-10, que aumentou 7,50% e passou de R$ 7,11 para R$ 7,64. Os postos de abastecimento baianos se destacaram também com o maior aumento no valor da gasolina (5,69%), que passou de R$ 7,36 para R$ 7,78.

Já a maior alta do País para o etanol foi registrada no Ceará (8,57%), que passou de R$ 6,13 para R$ 6,65.

No recorte regional, além do maior acréscimo no preço, o Ceará também apresentou o maior valor médio para o etanol entre os nove Estados nordestinos. Já o Piauí registrou o maior preço médio da região e do País para a gasolina, que foi comercializada a R$ 8,16, com alta de 0,16%, em relação a abril. Já a Paraíba registrou a menor média da região para a gasolina (R$ 7,24) e também para o etanol (R$ 5,75).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O diesel comum mais caro do Nordeste foi comercializado nos postos de abastecimento de Sergipe, a R$ 7,69, com alta de 5,63%. Assim como a maior variação de alta, a Bahia também apresentou o maior preço médio para o diesel S-10, comercializado a R$ 7,64. As menores médias para o diesel comum e o tipo S-10 foram encontradas nas bombas de abastecimento do Rio Grande do Norte, a R$ 6,98, e em Pernambuco, a R$ 6,98, respectivamente.

“Como no início do mês, o Nordeste vem apresentando redução no preço médio da gasolina. Também como reflexo desse recuo, a gasolina segue como opção mais econômica para abastecimento em todos os Estados do Nordeste, conforme o último levantamento da Ticket Log”, destaca Douglas Pina, Diretor-Geral de Mainstream da Divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários. *Fonte Bahia.ba


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.