Nenhuma empresa formalizou interesse em compra dos Correios, diz ministro das Comunicações

Redação

Foto: Elza Fiuza/Agência Brasil

Fábio Faria, ministro das Comunicações do governo Bolsonaro, disse nesta terça-feira (29) que a possível privatização dos Correios ainda não tem nenhum interessado formal. Apesar da afirmação, o ministro tem uma perspectiva positiva de que ainda surgirão empresas dispostas a comprar a estatal brasileira.

“Isso é um processo de privatização que ainda vai começar. Nenhuma empresa estabeleceu formalmente o interesse em participar, comprar os Correios”, afirmou o ministro ao portal UOL, em entrevista conduzida pelos colunistas Carla Araújo e Mauricio Stycer.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Recebi algumas informações do Salim Mattar (ex-secretário especial de Desestatização e Privatização do Ministério da Economia) que estava na pasta, falou que provavelmente ia ser um sucesso, sabia de players que estariam interessados, outros que provavelmente entrarão, por exemplo, o Fedex. Temos os Correios no Brasil e o Fedex nos Estados Unidos que cumprem um papel parecido, obviamente vão observar o processo de privatização”, completou Faria.


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.