‘A oportunidade de reverter esta pandemia está ao nosso alcance’, diz diretor da OMS

fonte BN

Foto: Reprodução/Youtube

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, divulgou, na quinta-feira (30), uma mensagem esperançosa sobre a pandemia. Em texto postado no Linkedin, Tedros diz estar confiante de que ela vai acabar, desde que haja uma distribuição igualitária de vacinas entre os países.

“Depois de dois anos, agora conhecemos bem esse vírus. Conhecemos as medidas comprovadas de controle da transmissão: uso de máscara, evitar aglomerações, manter o distanciamento físico, praticar a higiene das mãos e respiratórias, abrir janelas para ventilação, testar e rastrear os contatos. Sabemos como tratar a doença e aumentar as chances de sobrevivência de pessoas. Com todos esses aprendizados e capacidades, a oportunidade de reverter esta pandemia para sempre está ao nosso alcance”, afirmou na publicação.

Para o líder da Organização, a desigualdade entre estados e nações, o egoísmo e o nacionalismo radical continuam sendo as principais dificuldades para acabar com a pandemia. Ele diz que várias nações estão aplicando doses de reforço, enquanto menos da metade dos estados-membros da OMS conseguiu cumprir a meta de imunizar 40% de suas populações até o final deste ano. Tedros acrescentou que, na África, onde a variante Ômicron foi identificada, 3 em cada 4 profissionais de saúde ainda não foram vacinados.

Ghebreyesus celebra a colaboração científica que resultou na aprovação pela OMS de 10 vacinas para uso emergencial, a aplicação de 8,5 bilhões de doses de imunizantes globalmente e os tratamentos desenvolvidos contra a infecção.