Levantamento aponta que neste ano o preço da gasolina subiu 46% e do etanol 56%

Redação

Porém em dezembro, segundo a pesquisa, houve queda de 0,52%, refletindo redução nos preços de refinaria promovida pela Petrobras e pela Acelen

Foto: reprodução/Agência Brasil

O preço da gasolina fechou 2021 com alta de 46,7% nos postos brasileiros de acordo com levantamento feito pela Ticket Log. Porém em dezembro, segundo a pesquisa, houve queda de 0,52%, refletindo redução nos preços de refinaria promovida pela Petrobras e pela Acelen, dona da maior refinaria privada brasileira.

Ainda de acordo com a Ticket Log, o preço médio da gasolina em dezembro foi de R$ 6,890 por litro, contra R$ 4,696 no mesmo mês de 2020. Em novembro, antes da redução nas refinarias, o combustível foi vendido nos postos, em média, a R$ 6,926 por litro.

A alta é bem superior à inflação do período: em dezembro, o IPCA-15, prévia da inflação oficial, acumulou alta de 10,42%% em 12 meses, o maior índice em seis anos. A escalada dos preços dos combustíveis foi um dos principais motores da alta no indicador.

Conforme dados da pesquisa, o preço do etanol hidratado subiu 56,5% nos postos em 2021, chegando em dezembro a uma média de R$ 5,779 por litro. Como ocorreu com a gasolina, o preço do biocombustível recuou na comparação com novembro, com queda de 1,26%.