Banner Gov BA

Com 31 votos, desembargador Nilson Castelo Branco é eleito presidente do Tribunal de Justiça da Bahia

fonte Bnews

Foto: Divulgação /Arquivo/OAB-BA

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) elegeu nesta quarta-feira (17) o desembargador Nilson Castelo Branco para ser o presidente da corte no biênio 2023/2024, com 31 votos.

Também concorriam ao cargo os desembargadores Carlos Roberto Araujo (24 votos), Cynthia Maria Pina (zero votos), Jefferson Assis (zero votos) e Gardenia Duarte (0 votos). Não houveram votos brancos ou nulos.

O presidente do Tribunal do TJ-BA, Lourival Trindade abriu, às 9h desta manhã, a sessão administrativa virtual da corte, realizada exclusivamente para escolha dos desembargadores que integrarão a próxima mesa diretora do órgão para o próximo biênio.

A votação acontece por sistema de votação remota, eletrônica e secreta. Trindade desejou que as eleições aconteçam em clima de “democracia, paz e tranquilidade”, e informou que 55 desembargadores estarão aptos para votar.

Vale ressaltar que as eleições são distintas para cada cargo. Após 15 minutos, a votação é encerrada para computação dos votos e, por fim, divulgação do resultado. Eventuais desistências poderão ser realizadas pelos candidatos até instantes antes da votação.

O vencedor para cada cargo será aquele que alcançar maioria absoluta de votos – 29 votos. Caso isso não aconteça os dois mais votados, disputarão segundo turno. Em caso de empate, o mais antigo vence.

Esta última regra só não se aplica ao processo de escolha para o cargo de Corregedor das Comarcas do Interior. Neste momento, os desembargadores escolhem o próximo 1º vice-presidente do Poder Judiciário Baiano.