Banner Prefeitura

Após morte de Teori, Cármen Lúcia autoriza prosseguimento da Lava Jato

Foto: reprodução
Foto: reprodução

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, plantonista da Corte neste recesso do Judiciário, autorizou que juízes assistentes da equipe do ministro Teori Zavascki deem prosseguimento aos trabalhos da Lava Jato.

Teori era o relator da operação no STF, mas sua morte teria paralisado as atividades. Com a decisão de Cármen Lúcia, a força-tarefa segue seu fluxo normalmente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Desde então, pelo menos dois delatores foram convocados e estão completando, ainda esta semana, os seus depoimentos, segundo informações divulgadas pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Ao que tudo indica, a homologação das 77 delações da Odebrecht não vai atrasar tanto quanto se imaginava.


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.