Justiça condena homem a indenizar Dilma por foto em voo que viralizou

Ex-presidente também foi acusado de viajar de primeira classe usando dinheiro público

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou um homem a pagar R$ 25 mil por danos morais a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) após foto viralizar nas redes sociais.

De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, um homem havia tirado uma foto de Dilma durante um voo, e a acusou de viajar de primeira classe usando dinheiro público.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

. “Olha a companheira Dilma, voando First Class de Dubai pra SP… eu não disse Caracas ou Havana para SP… Dubai para SP…meteu aquele Caviar, umas boas taças de Dom Perignon, e logicamente aquele vinho Francês… uma maravilha… parabéns para você que também paga por isso!!!”, escreveu Julio Martini na legenda da publicação em 2019.

A Juíza Luciana Torres Schneider avaliou que o rapaz usou um tom “debochado e grosseiro”.

*Fonte Bahia.ba


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.