Banner Gov BA

Gilberto sobre responsabilidade de tirar o Bahia do Z-4: ”É um fardo gigante, que dói pra caramba”

Redação, via Galáticos Online

Na próxima sexta-feira (26) o tricolor recebe o Grêmio, às 19h, na Arena Fonte Nova

Foto: Matheus Landim/EC Bahia

Na tarde desta quinta-feira (25), o atacante Gilberto, do Bahia, concedeu entrevista coletiva e falou sobre a responsabilidade que um atleta com anos vestindo a camisa tem de tirar o clube da zona de rebaixamento para Série B. Na próxima sexta-feira (26) o tricolor recebe o Grêmio, às 19h, na Arena Fonte Nova.

”Vou ser bem sincero, é um fardo gigante, que dói pra caramba, mas que tem que carregar. Fazer o melhor para o clube, entregar o melhor sempre, buscar fazer os gols e, com isso ai, construir o necessário para permanecer. A gente tem que entregar de uma forma ou de outra, seja na técnica, na raça, da forma que der, tem que entregar pro nosso clube o melhor e para a torcida também, que vem nos apoiar e nos apoiou no último jogo”, disse.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O camisa nove do Esquadrão deve ser o títular no ataque, já que cumpriu suspensão na última partida. Ele também falou sobre a importância do confronto, que deve ser bem equilibrado, já que é um concorrente direto na briga contra o Z-4 e vem de resultados positivos.

”É um jogo extremamente difícil, não acho que devemos prometer gol porque é um jogo de doação, de entrega. É mais na parte física do que na parte técnica. Da técnica, acho que se tiver oportunidade, com certeza colocarei a bola para dentro, mas temos que focar na parte de entrega de jogo, de doação, que é mais importante no momento”, afirmou.

A equipe está na décima sétima posição e pode sair do Z-4 em caso de triunfo, já que o Juventude, primeiro time fora dos quatro últimos, tem três pontos a mais e seria ultrapassado no número de vitórias. Já o tricolor gaúcho, deixa os baianos momentaneamente para trás e ocupa a primeira posição da zona.