Com pênalti polêmico e triunfo do Juventude, Bahia perde e cai para a Série B

Redação, via Galáticos Online

Dependendo apenas de um triunfo para permanecer, o tricolor levou a virada em jogo de três gols por penalidade.

Foto: Bruno Queiroz / EC Bahia

Com pênalti polêmico, Bahia perde para o Fortaleza por 2 a 1 e cai para a segunda divisão. Dependendo apenas de um triunfo para permanecer, o tricolor levou a virada em jogo de três gols por penalidade.

Com a vitória do Juventude, o time gaúcho ultrapassou o Esquadrão e rebaixou tanto os baianos quanto o Grêmio, que também brigava pela permanência e venceu seu duelo com o Atlético-MG. Com isso, Grêmio, Bahia, Sport e Chapecoense, respectivamente, fecham o Campeonato Brasileiro da primeira divisão de 2021 rebaixados para Série B.

PRIMEIRO-TEMPO

Aos 18′, em falta na lateral da área, Rodriguinho levantou na área, o goleiro saiu mal e Tinga quase fez contra.

Aos 19′, Gilberto é socado por Marcelo Boeck dentro da área e o juíz marca pênalti para o tricolor. Cinco minutos depois, Rodriguinho vai para a cobrança, desloca o goleiro e abre o placar para o Bahia.

Já nos acréscimos, aos 49′, o VAR analisa uma falta em Pikachu e aponta pênalti para o Leão do Pici. Dois minutos depois, Wellington Paulista também desloca o goleiro e empata o jogo.

SEGUNDO-TEMPO

Logo no início, aos 6′, o Bahia assustou com um cruzamento de Gilberto para Juninho Capixaba, que desviou para fora

Aos 28′, Igor Torres fez jogada individual, invade a área e finaliza para boa defesa de Danilo Fernandes.

Um minutos depois, em finalização de David, a bola desvia no braço de Conti e, após checagem, o árbitro marcou outro pênalti para o Fortaleza. Aos 33′ Pikachu deslocou Danilo e virou a partida para os cearenses.

Fortaleza 2 x 1 Bahia
Campeonato Brasileiro Série A – 38ª rodada

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 09/12/2021
Horário: 21h30
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (FIFA-SP). Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP). VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Cartões amarelos: Marcelo Boeck, Yago Pikachu e Matheus Vargas (FOR); Raí Nascimento (BAH)
Cartões vermelhos:
Gols: Wellington Paulista e Yago Pikachu (FOR); Rodriguinho (BAH)

Fortaleza:
Marcelo Boeck; Tinga, Benevenuto, Titi e Jussa; Felipe (Ederson), Matheus Vargas (Lucas Lima) e Yago Pikachu; Osvaldo, David e Wellington Paulista (Igor Torres).

Técnico: Marcão.

Bahia:
Danilo Fernandes; Nino, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick e Edson (Rodallega); Rodriguinho, Raí e Juninho Capixaba (Lucas Mugni); Gilberto.

Técnico: Guto Ferreira.