Brasileiro se divide sobre substituição do Bolsa Família por Auxílio Brasil, aponta Datafolha

Dos entrevistados, 43% avaliam que governo agiu mal; 41% afirmam que a mudança foi positiva

Foto: Reprodução

A pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (25) pelo jornal Folha de S.Paulo indica que 43% dos brasileiros avaliam que o governo agiu mal ao acabar com o Bolsa Família e criar o Auxílio Brasil para substituí-lo, enquanto outros 41% afirmam que a mudança foi positiva.

Considerando a margem de erro, os números apontam um empate. Os que não sabem representam 9%. São 7% os que avaliam que o governo não agiu nem bem nem mal ao substituir o programa. Com margem de erro de dois pontos percentuais para menos ou mais, a pesquisa foi realizada entre 13 e 16 de dezembro e ouviu 3.666 pessoas, em 191 municípios.

Entre os que recebiam o Bolsa Família até outubro, 42% reprovam a medida e 44% a aprovam. Simpatizantes do PT e críticos ao governo Jair Bolsonaro (PL) reprovam a decisão (62% nos dois casos).

(Metro1)