Surto de coceira em Recife foi provocado por mariposas, afirma Sociedade Brasileira de Dermatologia em nota técnica

Agência Brasil

Registro é da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Foto: SBD/Divulgação

O surto de lesões que causam coceira registrado em municípios da região metropolitana de Recife foi provocado por mariposas, segundo nota técnica da Sociedade Brasileira de Dermatologia divulgada nesta quarta-feira (8).

Os mais de 200 casos foram identificados em duas comunidades em uma área de reserva de Mata Atlântica do Parque Estadual Dois Irmãos. Várias hipóteses foram levantadas, incluindo intoxicação por ivermectina, escabiose e picadas de insetos.

“A chave do problema repousa nas asas de mariposas do gênero Hylesia, que se reproduzem nesta época do ano”, informou a entidade.

Os insetos, de acordo com o documento, “entram em ambientes domésticos e, ao se debaterem contra focos de luz, liberam cerdas corporais minúsculas que penetram profundamente na pele e causam intensa dermatite”.