Desaparecimento de jornalista e indigenista na Amazônia completa uma semana sem respostas

Redação, com informações do Metro1

STF determinou que o governo apresente nesta semana um relatório sigiloso contendo todas as providências adotadas

Neste domingo (12), completou uma semana de buscas pelo indigenista Bruno Araújo Pereira e o jornalista inglês Dom Phillips, desaparecidos na Amazônia. Os sete dias foram marcados por críticas à atuação do governo federal, considerada lenta por entidades e parentes, em elaborar um plano de ação para encontrá-los.

Amigos e alunos do jornalista britânico Dom Philips desaparecido na Amazônia promoveram ato e pediram celeridade nas buscas na manhã deste sábado (11), no bairro de Itapuã, em Salvador.

O Supremo Tribunal Federal Barroso (STF) determinou que o governo apresente nesta semana um relatório sigiloso contendo todas as providências adotadas e informações obtidas sobre o desaparecimento.


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.