“Veio fazer carreata e mobilizar fanáticos”, diz Rui sobre visita de Bolsonaro ao sul da Bahia

fonte Metro1

Governador rechaçou agressões praticadas por seguranças do presidente contra profissionais de imprensa

O governador Rui Costa (PT) classificou como um “ato político” a visita do presidente Jair Bolsonaro (PL) às áreas afetadas pela chuva no extremo sul da Bahia no domingo (12).

“Não veio prestar solidariedade nem visitar o povo. Ele veio fazer carreata e mobilizou seus fanáticos do extremo sul para ficar gritando, fazendo um ato político partidário”, declarou o petista nesta segunda (13), em entrevista ao programa Bahia Meio Dia, da TV Bahia.

Ele também voltou a lamentar as agressões praticadas por seguranças de Bolsonaro contra equipes de reportagem da TV Bahia, afiliada da Globo no estado, e da TV Aratu, afiliada do SBT. O caso aconteceu quando os jornalistas, no estádio municipal Juarez Barbosa, localizado na cidade de Itamaraju, tentaram se aproximar do dirigente do país.

De acordo com informações do jornal Correio, um dos integrantes da equipe de Bolsonaro chegou a segurar a repórter Camila Marinho pelo pescoço com o antebraço, em uma espécie de “mata-leão”. O cinegrafista Cleriston Santana, que a acompanhava, também foi atacado e impedido de chegar perto do presidente. Os jornalistas de outras emissoras foram proibidos de direcionar o microfone a Bolsonaro.