‘Trinta e sete cidades com várias comunidades embaixo d’água’, diz governador sobre enchentes na Bahia

Rui Costa também revelou que determinou a instalação de bases de apoio nas cidades de Itapetinga, Vitória da Conquista, Ipiaú e no Vale do Jiquiriçá.

Foto: Reprodução / TV Bahia

O governador da Bahia, Rui Costa voltou a falar, neste domingo (26), sobre as fortes chuvas que atingem quase todas as regiões do estado, em especial o sul e sudoeste, desde a última quinta-feira (23). O gestor afirmou que 37 cidades estão embaixo d’água.

“Nós temos 37 cidades com várias comunidades embaixo d’água”, afirmou o governador da Bahia.
Rui Costa também revelou que determinou a instalação de bases de apoio nas cidades de Itapetinga, Vitória da Conquista, Ipiaú e no Vale do Jiquiriçá. No sábado (25), uma operação já tinha sido instalada em Ilhéus.

“Nós vamos montar um centro avançado lá em Itapetinga, um em Conquista, um Ipiaú e um no Vale do Jiquiriçá. As distâncias são muito grandes, são muitas cidades”, disse.

O governador contou que muitas casas de Itabuna e Ilhéus, no sul da Bahia, estão submersas. No primeiro município, lojas e agências bancárias amanheceram alagadas neste domingo, após o rio Cachoeira subir nove metros.

“As imagens são muito fortes. Infelizmente, em Itabuna e Ilhéus, grande quantidade de casas completamente debaixo d’água. Itajuípe, todo centro, debaixo d’água”, lamentou Rui.

O dono de balsa morreu após se afogar no Rio de Contas, em trecho da cidade de Aurelino Leal, no sul da Bahia. A morte de Olivan Alves Mota, de 60 anos, é considerada a 18ª em decorrência das fortes chuvas que atingiram o estado.

Ao menos nove rodovias federais que cortam cidades do sul e sudoeste da Bahia estão interditadas na manhã deste domingo (26) após alagamentos e deslizamentos provocados pela chuva que caiu na madrugada.

(fonte: g1Bahia)