Taxa de famílias endividadas na Bahia atinge 66,3% em agosto

Com informações do Metro1

A taxa de famílias endividadas atingiu 66,3% em agosto na Bahia, segundo dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), da Fecomércio-BA. Este é o maior percentual desde março de 2015.

No mês anterior, a taxa registrada foi de 65,6%. Em termos absolutos, mais 6,8 mil famílias entraram no rol de endividadas, para um total atual de 615 mil famílias com algum tipo de dívida.

A taxa dos que dizem que não pagarão a dívida em atraso ficou praticamente estável, de 13,6% em julho para os 13,3% em agosto. Contudo, o percentual é pouco mais do que o triplo visto no mesmo mês do ano passado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo análise econômica, o que chama mais a atenção é a discrepância entre as faixas de renda. A inadimplência das famílias com renda de até 10 salários mínimos atingiu os 34,7%, enquanto a taxa para os que ganham acima de 10 SM foi de 3,5%. Há um ano, a taxa era igual para os que recebem mais, porém para as famílias com renda mais baixa o percentual era de 15%.


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.