Banner Prefeitura

Secretaria de Saúde confirma 2º caso de coronavírus na Bahia

Com informações do G1

Foto: reprodução/Sesab

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou, na tarde deste sábado (7), que está confirmado o segundo caso de novo coronavírus no estado da Bahia.
A Sesab disse que a paciente é uma mulher de 42 anos, trabalhadora doméstica, moradora de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 Km de Salvador, que teve contato domiciliar com a primeira paciente do estado, quando ainda estava sintomática.
O 1° caso de novo coronavírus na Bahia foi confirmado na manhã de sexta-feira (6). A paciente é uma mulher de 34 anos, também moradora de Feira de Santana, que retornou da Itália em 25 de fevereiro. No país europeu, ela teve passagens pelas cidades de Milão e Roma.
Ainda de acordo com a secretaria, a mulher manifestou os sintomas depois de ter chegado ao Brasil. O primeiro atendimento e as amostras foram coletadas em um hospital particular da capital baiana, e enviadas para Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, onde o diagnóstico foi concluído nesta sexta.
A paciente está em casa, na cidade de Feira de Santana, em isolamento. Como deixou de apresentar os sintomas, o quadro dela é considerado assintomático. O monitoramento é realizado pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com a vigilância municipal de Feira de Santana.
Segundo Fábio Vilas-Boas, Secretário da Saúde da Bahia, a paciente apresenta evolução excepcional no quadro de saúde.
“Todas as medidas foram adotadas pela vigilância epidemiológica de saúde do estado da Bahia, do município de Feira de Saúde, para que a paciente permaneça em isolamento e possa recuperar-se. Sua evolução tem sido excepcional e, daqui para frente, nós continuaremos monitorando todos os contactantes que tiveram acesso a essa paciente durante seu período de trânsito do estado da Bahia”, disse o secretário em um vídeo divulgado para a imprensa.
Este é o 20° caso de coronavírus confirmado do Brasil – os outros são: 13 casos em São Paulo; dois na Bahia; um no Rio de Janeiro, um no Distrito Federal e um no Espírito Santo.


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.