Salvador registra segundo caso de morte por Influenza A H3N2

fonte G1

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a vítima era um idoso que morava na região do subúrbio

Com gripário e UPAs lotados, pacientes tem esperado atendimento por horas em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia

Salvador registrou, neste sábado (18), o segundo caso de morte causada por Influenza A H3N2. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a vítima era um idoso de 84 anos que morava em Colinas de Periperi, região do subúrbio da capital baiana.

Apesar de confirmar a informação, a SMS não informou a data da morte e nem se o homem tinha sido vacinado contra a doença. Conforme a prefeitura, ele teve sintomas clássicos como febre, coriza, desconforto respiratório e dispneia. O quadro de gripe evoluiu para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e ele não resistiu. Não há detalhes sobre onde ele estava internado.

Na quarta (16), a Secretaria de Saúde da Bahia registrou a primeira morte, de uma idosa de 80 anos, que também morava em Salvador e não estava vacinada contra a Influenza.

A vacina contra a gripe ainda não tem uma ação contra esta versão específica do vírus Influenza A H3N2 que tem causado surtos pelo Brasil, a variante Darwin.

Ao todo, em Salvador já foram confirmados 170 casos de Influenza, entre variados subtipos. Destes, pelo menos 15 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram hospitalização.