Banner Prefeitura

Reconhecimento Facial ultrapassa marca de 300 prisões na Bahia

fonte BN

Foto: Divulgação/SSP

O Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública auxiliou na prisão de 306 foragidos da Justiça. A marca foi atingida, entre a noite de segunda (4) e a manhã de terça-feira (5), com as prisões de cinco criminosos, em Salvador, Região Metropolitana e no interior da Bahia.

Procurado pela prática de roubo, um homem foi alcançado por equipes da 16ª Companhia Independente de Polícia Militar ao ser encontrado em um dos pontos de monitoramento, na capital baiana. Em outro local de Salvador, um assaltante foi capturado e encaminhado para validação do mandado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um procurado por estupro de vulnerável, após ser filmado pelas câmeras de reconhecimento, foi alcançado em um ponto de Camaçari, na RMS. Policiais da Companhia Independente de Políciamento Especializado (Cipe) Polo Industrial encaminharam o homem à Coordenação de Polícia do Interior (Polinter).

Em Barreiras, no Oeste, a imagem de um homicida acabou captada pela ferramenta e os profissionais do Centro Integrado de Comunicação acionaram as equipes da 84ª CIPM. Ele foi encaminhado para a 11ª Coordenação Regional de Polícia do Interior.

Em fase de teste ampliação para os municípios do interior, o sistema também ajudou na captura de um procurado por porte ilegal de arma de fogo, na cidade de Alagoinhas.

A SSP prevê que a ferramenta chegará a 77 cidades do interior, proporcionando maior alcance da tecnologia, implantada de forma piloto em dezembro de 2018.


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.