Navio com 68 pessoas infectadas com Covid não tem previsão de deixar Salvador

Metro1

Quase 4 mil passageiros e tripulantes estão em quarentena no cruzeiro. Esse é o segundo surto de Covid-19 em cruzeiros no Brasil acontecendo ao mesmo tempo

Crédito da foto: Rildo de Jesus/TV Bahia

Após 68 pessoas a bordo do navio Costa Diadema, atracado no porto de Salvador, testarem positivo para Covid-19, na última quinta-feira (30), o destino de seus passageiros e tripulantes é incerto. Nesta sexta-feira (31), todos seguem impedidos de desembarcar na capital baiana.

No início da manhã de quinta, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) havia confirmado 56 casos de coronavírus. Já no final do dia, este número subiu para 68. Dos infectados, 56 são tripulantes e 12 são passageiros do navio.

Ainda não há previsão de quando a embarcação deixará o porto de Salvador. O destino do navio só será definido após terminadas as investigações da Anvisa sobre o surto.

Esse é o segundo surto de Covid-19 em cruzeiros no Brasil acontecendo ao mesmo tempo. Em São Paulo, o MSC Splendida está parado no porto de Santos, com um total de 78 pessoas infectadas.