Banner Prefeitura

Justiça ordena despejo de famílias em ocupação do MST no sul da Bahia

Redação, com informações do Metro1

De acordo com o Movimento Sem Terra (MST), 150 famílias ficaram sem ter para onde ir

Foto: Divulgação

Na manhã de terça-feira (24), a Justiça determinou o despejo de acampamento Sem Terra que ocupava a fazenda Mata Verde desde abril deste ano. De acordo com o Movimento Sem Terra (MST), 150 famílias ficaram sem ter para onde ir.

“A ocupação possibilitou a produção de alimentos e lugar para morar para muitos Sem Terra nesta pandemia, uma vez que a Fazenda é improdutiva e não cumpre a função social da terra. Agora, mais de 300 pessoas, incluindo idosos e crianças, não têm para onde ir”, diz nota do MST na Bahia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com o movimento, o objetivo da ocupação foi a criação de novos assentamentos da Reforma Agrária na região, “possibilitando a famílias que não têm como pagar aluguel e adquirir alimentos, que acabam passando fome nas periferias da cidade”.


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.