Banner Prefeitura

Ilhéus: Oito pessoas são presas fazendo compras em loja com documentos falsos

Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Oito pessoas foram presas com documentos falsos depois de terem feito compras em uma unidade das Lojas Americanas, na última quinta-feira (12), no município de Ilhéus. O grupo residia em Itabuna e foi detido por policiais da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Ilhéus), que haviam deflagrado a Operação Americana. Com a quadrilha, a polícia apreendeu quatro smartphones e outros objetos.

Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

José Renato Nery da Silva, de 36 anos, foi apontado como o líder da quadrilha de estelionatários. Era ele o responsável por falsificar os documentos de identidade com CPFs e reunir pessoas para efetuar compras, principalmente de aparelhos celulares. Ele foi autuado por falsificação de documento, estelionato e associação criminosa.

Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Outra integrante de destaque era Tamara Lopes da Silva, 30. Ela trabalhava no estabelecimento comercial e facilitava a aprovação de crediários, fornecendo ainda o número de CPFs que posteriormente seriam utilizados nos documentos falsos.

A funcionária era recompensada com R$ 100 a cada transação. Tamara foi autuada pelos crimes de associação criminosa e estelionato.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dentro das Lojas Americanas, foram presos em flagrante: Enio da Silva Lisboa, 37, e Gleyce Silva Nascimento 27; que serão autuados por associação criminosa e estelionato. Roseli Conceição Andrade, 27, Jailson Alvino Trigueiros, 40, George Lucas Nogueira Santos, 34, e Pablo Soares Goes, 34; que vão ser autuados apenas por associação criminosa. Cada um recebia a quantia de R$ 200 por transação efetuada.

METRO1


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.