Governo bloqueia 14% do orçamento de universidades e Ufba perde R$ 26 milhões

Redação, com informações do Metro1

Gestão Bolsonaro determinou um corte de R$ 3,23 bilhões no orçamento do Ministério da Educação

Foto: Divulgação

O governo Jair Bolsonaro (PL) determinou um corte de R$ 3,23 bilhões no orçamento do Ministério da Educação (MEC) de 2022, para atender ao teto de gastos. Com isso, haverá um bloqueio linear de 14,5% no orçamento discricionário das universidades federais. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo e confirmada pelo Metro1.

No total, de acordo com a administração financeira do governo federal, as instituições federais vão perder R$ 22,2 bilhões. A medida impactará a Universidade Federal da Bahia (Ufba) em R$ 26.029.266, segundo o reitor João Carlos Sales.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além do dinheiro do MEC e das federais, o corte recai ainda sobre o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.