Banner Prefeitura

Eleições: Bahia tem mais de 11 milhões de pessoas aptas a votar

Redação, via Aratu On

Salvador tem 5º maior colégio eleitoral do Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Das 156,4 milhões de pessoas aptas a votar nas eleições de outubro, no Brasil, quase 11,3 milhões de eleitores (11.291.528) estão na Bahia, de acordo com dados divulgados nessa sexta-feira (15/7) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O número corresponde a pouco mais de 7% do eleitorado brasileiro, deixando a Bahia atrás apenas dos estados de São Paulo (34.667.793), Minas Gerais (16.290.870) e Rio de Janeiro (12.827.296).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Considerando os municípios brasileiros, Salvador tem o 5° maior colégio eleitoral do Brasil, com quase 2 milhões de eleitores (1.983.198). Perde apenas para São Paulo (9.314.259), Rio de Janeiro (5.002.621), Brasília (2.203.045) e Belo Horizonte (2.006.854).

Comparando às eleições de 2018, a Bahia ganhou quase 900 mil novos eleitores (898.358), um aumento de 8,6%. Assim como nos dados gerais do Brasil, as mulheres representam mais da metade do eleitorado do estado, 52%, com 5.927.765 eleitoras. Homens são 48% (5.363.087).

Outro dado trazido pelo TSE diz respeito ao nome social. Neste ano, 2.694 pessoas podem votar utilizando o nome social na Bahia.

Em relação à escolaridade, a maioria dos eleitores baianos, em 2022, possuem ensino médio completo (26,51%), seguido dos que têm ensino fundamental incompleto (22,7%) e aqueles com ensino médio incompleto (15,14%).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja abaixo:

Ensino médio completo: 2,9 milhões de eleitores (26,51%);
Ensino fundamental incompleto: 2,5 milhões (22,78%);
Ensino médio incompleto: 1,7 milhões (15,14%);
Lê e escreve: 1.4 milhões (13,04%);
Ensino superior completo: 877,3 mil (7,77%);
Analfabetos: 773,7 mil (6,85%);
Ensino fundamental completo: 475,8 mil (4,21%);
Ensino superior incompleto: 416,2 mil (3,69%);
Não informado: 1,2 mil (0,01%).

Ainda de acordo com o TSE, 9,9 milhões de baianos – 88,23% dos eleitores – votarão utilizando a biometria, sistema que utiliza a digital para identificar o cidadão.

BRASIL*

Conforme o TSE, 156,4 milhões de brasileiros poderão comparecer às urnas no dia 2 de outubro para escolher presidente e vice-presidente da República, governadores e vice-governadores, além de senadores, deputados federais, estaduais e distritais.

Em caso de segundo turno para a disputa presidencial e para governos estaduais, a eleição será em 30 de outubro.

As informações do cadastro eleitoral mostram que a maior parte do eleitorado é formada por mulheres — são 82,3 milhões de eleitoras, número equivalente a 52,65% do total. Os homens são 74 milhões e correspondem a 47,33%.

O número de jovens entre 16 e 17 anos que poderão votar aumentou, passando de 1,4 milhão no pleito de 2018, para 2,1 milhões no neste ano.

O eleitorado acima de 70 anos também aumentou, passando de 12 milhões para 14 milhões entre as duas eleições.

Também houve mudança no nível de escolaridade da maioria do eleitorado. Neste ano, 41,1 milhões (26,31% do total) declararam ter ensino médio completo. Nas eleições gerais anteriores, realizadas em 2014 e 2018, a maioria era composta por pessoas com ensino fundamental incompleto.

O eleitorado brasileiro cresceu 6,21% em relação ao pleito de 2018, quando o total de pessoas aptas a votar foi de 147,3 milhões.

*Com informações da Agência Brasil


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.