Banner Prefeitura

Bahia registra segunda morte com a suspeita de doença misteriosa

Foto: reprodução/A Tarde
Foto: reprodução/A Tarde

A segunda morte de uma pessoa que estava com os sintomas da doença que provoca dor muscular intensa (mialgia) e deixa a urina preta foi divulgada nesta quarta-feira, 11, pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). De acordo com o órgão, óbito ocorreu no sábado, 7, e a segunda vítima também é um homem, que não teve nome e idade divulgados.

A Vigilância Epidemiológica da Bahia abriu uma investigação para apurar se realmente a morte foi provocada pela doença. Os quadros investigados estão sendo tratados como “mialgia [dor] aguda a esclarecer”, pois ainda não há informações sobre as causas da doença.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na terça, 10, a Sesab havia divulgado a suspeita da primeira morte, que aconteceu no dia 31 de dezembro, no município de Vera Cruz, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A Vigilância Epidemiológica também apura se a morte foi provocada pela doença. A secretaria informou que além dos sintomas da mialgia, a vítima apresentava outros problemas de saúde, entre eles hipertensão.

Balanço

Já são 52 casos registrados entre o dia 14 de dezembro e 5 de janeiro. O mais novo boletim foi divulgado na terça, 10. Uma das hipóteses é de que a doença esteja relacionada ao consumo de peixe, mas não há confirmação.

No boletim anterior divulgado pelo órgão, com registros até 30 dezembro de 2016, os casos suspeitos eram 30. Até 19 de dezembro do ano passado, eram 22.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os casos se concentram em Salvador, que desde o início do levantamento já contabiliza 50 casos suspeitos da doença. Também há registros em Vera Cruz (1) e Lauro de Fretas (1).

Redação com A Tarde


O APO está no Telegram. Faça parte do nosso grupo, clique aqui.