Vaso sanitário é instalado em calçada de bar e incomoda moradores de Feira de Santana

Prefeitura notificou comerciante que tem 72 horas para se justificar

Postado em

Metro1

Foto: Divulgação/Feira de Santana

Os moradores do Conjunto Jomafa têm passado por uma situação incomoda. Um estabelecimento comercial instalou um vaso sanitário no passeio e o mau cheiro constante tem tirado o sossego dos vizinhos. O vaso fica coberto somente por um pedaço de cerâmica e qualquer pessoa pode usar, além dos clientes do bar.

Segundo relatos de moradores, o dono do bar coloca caixas de cerveja em volta do sanitário, para que quem quiser usar o vaso faça suas necessidades atrás das caixas. Os moradores reclamam do mau cheiro, e dizem que a ‘inovação’ prejudica os comércios próximos, como um restaurante que fica ao lado

A situação irregular foi denunciada à fiscalização da prefeitura da cidade. A Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) de Feira de Santana informou que o bar foi notificado para retirar imediatamente o vaso da calçada.

Segundo o secretário titular da pasta, Sérgio Carneiro, não houve nenhuma autorização para a construção. Inclusive, a obra afeta principalmente a mobilidade de pessoas cadeirantes, que conduzem carrinho de bebê, deficientes visuais e entre outros.

“Essas pessoas acabam tendo que disputar o tráfego junto aos carros, correndo riscos por conta dessas ocupações irregulares. Temos o máximo de atenção com as calçadas e pedimos a colaboração e o respeito de todos para que mantenham esses passeios desobstruídos”, enfatizou.

Após a notificação, o comerciante tem 72 horas para se explicar e desfazer a instalação Se isso não ocorrer será multado. Ainda é necessário apresentar a licença de funcionamento. O responsável pelo bar não foi encontrado para comentar.

Segundo o secretário titular da pasta, Sérgio Carneiro, não houve nenhuma autorização para a construção. Inclusive, a obra afeta principalmente a mobilidade de pessoas cadeirantes, que conduzem carrinho de bebê, deficientes visuais e entre outros.

“Essas pessoas acabam tendo que disputar o tráfego junto aos carros, correndo riscos por conta dessas ocupações irregulares. Temos o máximo de atenção com as calçadas e pedimos a colaboração e o respeito de todos para que mantenham esses passeios desobstruídos”, enfatizou.

Após a notificação, o comerciante tem 72 horas para se explicar e desfazer a instalação Se isso não ocorrer será multado. Ainda é necessário apresentar a licença de funcionamento. O responsável pelo bar não foi encontrado para comentar.

Siga nosso Canal no WhatsApp, e fique atualizado com as principais notícias do dia.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

LEIA MAIS…

MAIS LIDAS

CONFIRA AS 10 +