Influenciador digital é sequestrado, torturado e deixado em estrada na Bahia

Suspeitos são presos

Postado em

fonte: iBahia

Foto: Polícia Militar da Bahia

Um influenciador digital foi sequestrado, torturado e deixado na BR-101, próximo ao município de Laje, a 240 quilômetros de Salvador, no sábado (10). Quadrilha responsável pelo crime foi presa e os pertences da vítima foram recuperados.

De acordo com a Polícia Militar da Bahia, o influenciador de 31 anos, que não teve a identidade revelada por motivos de segurança, foi levado por quatro homens que estavam em um carro preto, na Rua João Delfino, em Santo Antônio de Jesus, recôncavo baiano.

Ele foi torturado pelos criminosos, que ainda fizeram contato com a família pedindo uma quantia em dinheiro. Após rondas, a PM encontrou a vítima na estrada e acionou o Samu, que levou o rapaz para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. Não há informações sobre o estado de saúde do influenciador digital.

Em seguida, policiais militares receberam informações da Polícia Rodoviária Federal de que os suspeitos de terem participado do sequestro estavam a caminho do terminal do ferry boat, em Bom Despacho, Ilha de Itaparica. No local, os militares visualizaram dois suspeitos dentro de um carro preto, que ostentava uma placa clonada.

Durante abordagem, os policiais encontraram com os suspeitos dois blusões, uma calça preta, três balaclavas, uma faca, um simulacro de arma de fogo, uma algema, uma fita adesiva e uma placa veicular. A dupla foi apresentada junto com o veículo e todo material apreendido na Delegacia de Santo Antônio de Jesus, onde foram tomadas as medidas cabíveis.

Na sequência, em uma operação conjunta das polícias, outros dois suspeitos de participarem do sequestro em Santo Antônio de Jesus também tentaram fugir para Salvador pelo ferry boat. Durante buscas, os militares localizaram os suspeitos no Terminal da França, já na capital baiana.

Foram encontrados com eles uma pistola 9mm com um carregador e 21 munições intactas, quatro aparelhos celulares, três correntes, quatro anéis, um relógio, um cartão de crédito e R$ 62,00 reais em espécie. A segunda dupla foi levada para a sede do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), para serem tomadas as medidas legais cabíveis.

Foto: Polícia Militar da Bahia
Siga nosso Canal no WhatsApp, e fique atualizado com as principais notícias do dia.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

LEIA MAIS…

MAIS LIDAS

CONFIRA AS 10 +