Alagoinhas: Plano Plurianual (PPA) 2022-2025 é aprovado pela Câmara Municipal

Redação

A construção do PPA se deu após às etapas de consultas públicas, feitas este ano de forma on-line, entre os meses de julho e agosto

Na segunda e terça (6 e 7 de dezembro), a Prefeitura Municipal de Alagoinhas realizou audiências públicas na Câmara de Vereadores, para a apresentação do Plano Plurianual (PPA). A construção do PPA se deu após às etapas de consultas públicas, feitas este ano de forma on-line, entre os meses de julho e agosto.

Com programas divididos em três eixos (Desenvolvimento Social e Humano, Desenvolvimento econômico, urbano, rural e sustentável e Gestão Administrativa), o PPA construído este ano terá vigência durante o período de 2022 a 2025, e quando comparado ao anterior, apresenta melhorias significativas.

A primeira se refere à metodologia de apresentação: Esse ano, todos os gestores dos programas participaram e discutiram com os vereadores os objetivos que nortearão as agendas políticas do governo nos próximos quatro anos, para que a população acompanhe as metas propostas com toda a transparência.

Além disso, houve definição de diretrizes visando expor, de forma clara, os objetivos propostos pela administração pública para execução das metas e ações do PPA, elencar prioridades, além da implementação de indicadores de resultado, que refletem o diagnóstico situacional e a meta a ser esperada até o final de 2025. O resultado destes instrumentos é a definição de forma clara dos objetivos propostos pela administração pública.

Seguindo o rito normal, após as audiências públicas e a apresentação de várias emendas por parte dos vereadores, o PPA (Plano Plurianual) foi aprovado em segundo turno de votação pela Câmara, nesta quinta – feira (9).

PLANO PLURIANUAL – PPA – É o instrumento de planejamento estratégico de suas ações, estabelecendo as medidas, gastos e objetivos a serem seguidos, contemplando um período de quatro anos. Tem vigência do segundo ano de um mandato até o final do primeiro ano do mandato seguinte, garantindo a continuidade administrativa dos programas fixados ou em andamento.

Sua constituição se dá por objetivos, que devem ser alcançados pela administração pública. Para alcançar esses objetivos, a ação de Governo se organiza em programas que visam solucionar problemas, atender demandas ou ainda criar oportunidades de desenvolvimento e crescimento para as populações das cidades e da zona rural.